24 de abril de 2010

RISCO PARTE I

Às vezes por mas que tentemos nos afastar, em algum momento teremos que tomar uma decisão e toma-lá pode ser um GRANDE RISCO!
Colocamos todos os prós e contras sobre a balança, mas sempre tentamos nos afastar dos GRANDES RISCOS. E o sofrimento é pior deles.
Acredito que os sofrimentos nos fazem crescer de alguma forma. Lógico que muitos sofrimentos nos fazem muito mal., mas é preciso correr riscos.
Acredito que a vida realmente vivida é aquela que deve ser "arriscada"...Concluo com isso que nenhum ser VIVE realmente a sua VIDA.

Por: Rafaela do Vale

2 comentários:

thiago disse...

Gostei muito do seu desfecho:
''...nenhum ser vive realmente a sua vida''.
Ainda não consigo explicar a passividade de tantas pessoas diante da exploração subliminar e consciênte do furtivo capitalismo.
Menina inteligênte...

Marcela Santos disse...

Também gostei do fim...
E acho que, por muitas vezes, o orgulho me impede de correr o risco.

Bom textículo! (com x, por favor!) =D