14 de abril de 2010

(Os)tentação

É como a obtenção de poder ,a gente se perde em meio à tal grandeza.Eu sabia que não seria diferente,mas Ele me fez desacreditar.Não me restou muito até perceber os sinais,todos eles tomaram conta de mim,levaram-me ao (des)entendimento do que vivia, e,enfim ,tudo se abriu.Não mais só o mar mas os céus ,já estavam lá esperando por mim.
Ecoou a contra partida, os gritos de guerra interior e a suposta missão, me arrebataram.Detinha de tanto poder e vontade,e pareceram ineficazes,para a ascensão da satisfação.
Larguei tudo,poderia até ter sido jogado fora o meu esforço,pois me deixei entregar de tal forma ... por tal força maior. Aquilo me derrubou e me elevou ao maior posto. E agora todos estão aqui,vivendo junto comigo.

6 comentários:

Marcela Santos disse...

Primeiro vez a tempestade... Depois, a bonança! =D

thiago disse...

A riqueza é fonte de muita felicidade.Mas,pode ser um grande abismo para aqueles que ainda não compreendem sua real missão,aqueles que ainda não se acharam.
Texto bom!Gostei.

Marcela Santos disse...

O menino do comentário acima poderia colocar mais textos no Blog...

igor disse...

maravilhoso e cocordo com a marcela.. qero + textos desse menino.

igor disse...

luana volto a diser.......vc é escritora

Antônio disse...

Agora SIM!!!
Você foi pela direita,depois pela esquerda...e de maneira bem simples e poética,marcou um lindo gol!